"Macaé precisa de um choque na educação", diz Felício Laterça, pré-candidato a prefeito

Atual deputado federal do PSL pretende criar uma educação em tempo integral na cidade

Por José Eduardo Vieira

Macaé - Entrevistado nesta quarta-feira (29) à tarde pelo colunista político Sidney Rezende e pelo repórter José Eduardo Vieira, o deputado federal Felício Laterça (PSL), pré-candidato a prefeito de Macaé, apresentou as suas propostas de governo em live transmitida simultaneamente pelas páginas do jornal O DIA no Facebook e no Youtube.
Durante a entrevista, o pré-candidato declarou que o tema educação será uma das prioridades de uma futura gestão. Laterça afirma que os pais e responsáveis precisam se aproximar cada vez mais da escola e que pretende implantar um ensino de qualidade em tempo integral na cidade.
“Macaé precisa de um choque na educação. Precisamos manter o aluno dentro da escola criando períodos em tempo integral, aonde os jovens possam ter no contra turno a participação de outras atividades, seja no esporte, cultura ou dança”, disse.
Delegado licenciado da Polícia Federal, por onde chefiou a delegacia de Macaé de janeiro de 2015 a 2018, o tema segurança pública e corrupção foram outros assuntos bastante abordados durante a live por Felício Laterça.
“Macaé precisa de austeridade. É preciso tratar o dinheiro público com a devida seriedade. Com todo o dinheiro dos royalties que entrou na cidade nos últimos anos, Macaé era para ser uma cidade modelo. Continuo levantando a bandeira contra a corrupção. Não podemos mais admitir essa prática no país. É preciso combater isso”, defendeu o parlamentar, que completou:
“Sou favorável a Guarda Municipal armada e ela precisa ser inserida no conceito de segurança pública. É preciso ter uma corregedoria firme para coibir possíveis abusos e qualificar os agentes com cursos e treinamentos. Vou tratar a segurança pública junto com o Governo do Estado com tranquilidade”, comentou Felício Laterça.  
Perguntado sobre o plano de governo no setor de transporte e mobilidade urbana, o deputado federal confessou: "Sabemos do real problema da cidade, mas ainda não elaboramos o plano de governo. Vamos investir na construção de ciclovias para as pessoas poderem se descolar de um lugar para o outro com segurança e dialogar com o governo federal para buscar parcerias na construção de uma segunda ponte que liga o Centro a Barra de Macaé. Precisamos melhorar a mobilidade urbana da cidade".  
Para finalizar, o pré-candidato do PSL a prefeito de Macaé, defendeu a privatização da Nova Cedae. "Defendo a privatização da Cedae para que haja melhorias na qualidade do serviço de abastecimento de água em Macaé. Já temos bons exemplos em outras cidades do Estado com a privatização. A Cedae não quer investir aonde parece ela não tem interesse e é isso que parece com a nossa Macaé", finalizou Laterça.


Comentários